Sustentabilidade em Ação

Arquivo mensal: agosto 2009

Bom, Para relaxar, um jogo muitíssimo interessante sobre políticas para combater o aquecimento global. Isso mesmo, um jogo. Escolham as políticas, alternativas, ações para combater o aquecimento global e vejam como seu eleitorado reage. Link abaixo. O jogo está em inglês. http://www.bbc.co.uk/sn/hottopics/climatechange/climate_challenge/

Art. 9º – São instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente: I – o estabelecimento de padrões de qualidade ambiental; II – o zoneamento ambiental; III – a avaliação de impactos ambientais; IV – o licenciamento e a revisão de atividades efetiva ou potencialmente poluidoras; V – os incentivos à produção e instalação de equipamentos e a criação ou absorção de tecnologia, voltados para a melhoria da qualidade ambiental; VI – a… Ler mais

A revista Scientific American lançou quatro edições especiais sobre a situação dos mares. Sugiro a leitura destes fascículos, pois mostra claramente como a gestão ambiental das águas continentais tem consequências terríveis para as águas costeiras. Os rios correm para o mar e neste caminho carregam sedimentos, detritos, produtos químicos, venenos hormônios e outros tantos compostos que utilizamos para realizar nossos processos econômicos e sustentar a nossa sociedade. A má gestão dos processos… Ler mais

Amplo o título deste post e impossível de ser sintetizado em um espaço tão curto, mas é necessário abordar ao menos a desqualificação que se faz da ciência por alguns movimentos ambientalistas radicais. A ciência moderna, gestada durante o iluminismo, foi a grande responsável pelo bem-estar conquistado pelas sociedades no tocante à educação, saúde, trabalho, tecnologias, dentre outras áreas do conhecimento humano. A humanidade, ao tempo que cria problemas, também tem a… Ler mais

O informativo da rede “greenbizz”, dos EUA, publicou recentemente um informação bastante interessante sobre “greenwashing”. “Greenwashing” é inventar informações sobre a sustentabilidade da empresa para esconder as próprias práticas inadequadas na gestão ambiental. Este informativo listou 10 práticas usuais para as empresas que praticam “greenwashing”, as quais reproduzo aqui em inglês, para não prejudicar o entendimento: 1. fluffy language: Words or terms with no clear meaning (e. g. “eco-friendly”) Já viram alguma… Ler mais

A ecologia industrial tem conceitos que remetem à necessidade de abordar as cadeias econômicas sob o ponto de vista científico presente na ciência ecologia. Inclui a necessidade de identificar um problema, analisá-lo, pesquisar alternativas que resolvam este problema e  implementar as soluções que possam reduzir, mitigar ou compensar o impacto destas cadeias sobre o sistema ecológico. Graedel e Allenby (1995) definiram o campo da ecologia industrial da seguinte maneira: “Os meios pelo… Ler mais

Para os interessados em gestão ambiental que pretendem fazer ações educativas, sugiro o seguinte joguinho, desenvolvido pela União Européia Honoloko.html Seu objetivo é reduzir o impacto ambiental das suas ações cotidianas de forma virtual. Depois, é claro, tente passar do virtual para o real.

Tem um vídeo no youtube que conta a “história das coisas”. É bem interessante notar que a mensagem é a de que devemos considerar em nossos processos produtivos as possibilidades de adequá-los aos princípios dos ciclos biogeoquímicos, da ciclicidade dos processos econômicos e do aproveitamento total dos resíduos como insumos para novos processos produtivos. Assistam:

Em resposta ao comentário do post anterior, faço as seguintes considerações: A gestão ambiental pública está baseada fundamentalmente nas leis, resoluções e instrumentos econômicos diversos que emergem da necessidade de limitar os efeitos negativos da ocupação econômica sobre o ambiente. É a aplicação clara de limites ao empreendedor visando proteger o bem comum ou a atribuição/concessão de benesses econômicas àqueles agentes econômicos cuja atividade é benéfica ao ambiente. A gestão ambiental privada… Ler mais

Além da gestão ambiental pública, referente às regras estabelecidas pelo Estado para assegurar o interesse público a um custo aceitável para a sociedade, temos a gestão ambiental privada. Nascida da pressão do mercado sobre as empresas e pela necessidade criada pelos relatórios publicados durante a década de 1960 e 1970, esta gestão ambiental começa por analisar os fluxos internos de consumo de insumos, passando pela redução dos impactos ambientais sobre o ambiente… Ler mais