EF – Outono de 2013 – Eficiência Energética em Edifícios

De acordo com a IEA (Agência Internacional de Energia) cerca de metade do consumo de energia mundial deve-se aos edifícios em cidades. Os maiores potenciais de ganhos em eficiência são, portanto, no investimento em eficiência energética, especialmente ao considerar-se o cenário mais provável de aumento do custo de geração, transmissão e distribuição para os governos, empresas e consumidores.

O investimento em novos equipamentos para aquecimento e ar condicionado, automação de edifícios, iluminação com maior eficiência e materiais mais eficientes para o isolamento térmico terão importância crescente no aumento de eficiência no consumo de energia.  A emergência de novas empresas relacionadas especificamente à gestão de sistemas de energia aparecem e influenciam nas políticas de eficiência energética, visto que a adoção de novas tecnologias para redução do consumo são mais eficientes em comparação com os subsídios em energia renovável.

Vários indicadores de que a eficiência energética já impulsiona novas tecnologias e empresas já aparecem no mercado. Espera-se um crescimento de 25% ao ano do uso de lâmpadas LED até 2020, com um mercado atingindo USD 100 bilhões. Mais uma vez o uso de inovação e novas tecnologias direcionarão o crescimento do mercado da economia verde.

As condições de crescimento mais restritas em função dos problemas ambientais crescentes estão gerando cada vez mais oportunidades de mercado para empresas e novas tecnologias.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: