Acordo dos EUA e China para limitar as emissões de gases de efeito estufa e os “stranded assets”.

O acordo dos EUA e China para limitar as emissões de gases de efeito estufa é um daqueles eventos que o texto sobre os “stranded assets“, da revista Environmental Finance, cita como possível agente de disrupção do ambiente de negócios. Em um sistema, a disrupção ocorre quando uma mudança brusca das condições ambientais exige dos componentes do sistema novas ações para adaptar-se a um novo ponto de equilíbrio dinâmico.

Caso seja efetivamente posto para funcionar, visto que o partido Republicano tem a maioria na Câmara e no Senado e pode barrar tais iniciativas, esperemos um aumento significativo dos projetos e investimentos em geração de energia renovável e eficiência energética, com oportunidades para mudar o perfil de geração de energia destes dois países e, por consequência, dos demais componentes deste “sistema”.

Por outro lado, empresas que exploram recursos naturais não renováveis com alto potencial de risco ambiental podem ter suas atividades altamente impactadas negativamente. Creio que é hora de diversificar as atividades das empresas petrolíferas. Isso não é um sinal fraco. Já é uma tendência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: