Posição do Brasil na COP

O Brasil continua investindo na posição de vítima do desenvolvimento dos países industrializados, apontando o dedo na cara dos outros para atribuir culpa. Penso se não seria mais interessante que adotássemos uma postura mais ativa ao resolver nossos problemas. Podemos sim assumir responsabilidades, Lutar contra o aquecimento global, investir em eficiência energética, na redução do uso de material por unidade de GDP.

É verdade que ainda aumentaremos em muito nossas emissões, pois temos a maioria da população com uma renda per capita relativamente baixa e que seguramente aumentará seu consumo material com o país avançando em seus índices de renda e educação. Em virtude disso, portanto, uma postura absolutamente acusativa, atribuindo culpa aos outros países, representa um “estado de espírito” que nós brasileiros deveríamos abandonar.

Queremos ser um “global player”? Então devemos avançar muito mais do que apenas cobrar doações. Façamos nossa parte, elaboremos uma política industrial com base nos conceitos de ECOLOGIA INDUSTRIAL e ECONOMIA ECOLÓGICA, estimulemos a certificação da produção agrícola e industrial, a certificação de edifícios públicos e privados, o tratamento de esgoto e lixo ao menos nas maiores cidades.

Não dá para apontar o dedo acusando os outros países enquanto a nossa própria casa está desorganizada. E muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: