State of Green Business 2016

Os editores do site greenbiz.com publicam anualmente um relatório extremamente interessante sobre as tendências em sustentabilidade. Os autores apresentam 10 tendências obtidas do monitoramento sistemático de informações sobre o tema e quais impactos elas terão sobre as atividades econômicas.

As dez tendências citadas no trabalho são as seguintes:

  1. A consolidação do conceito de Economia Circular gerando novas tecnologias, processos e produtos
  2. A gestão tecnológica das cadeias de suprimento gerando cada vez mais eficiência no uso de recursos
  3. Infraestrutura Verde atraindo investimentos
  4. Indústria de mineração tornando-se mais limpa
  5. Agricultura promovendo a regeneração de sistemas naturais
  6. Reciclagem de carbono promovendo a redução de emissões de GEE
  7. Geração de empregos relacionados à sustentabilidade atraindo mais profissionais
  8. Microgeração apresentando um crescimento expressivo
  9. Economia do compartilhamento alcançando as empresas
  10. A chamada Economia Azul, relacionada à proteção e uso sustentável dos Oceanos, tornando-se cada vez mais importante para um planeta resiliente.

A análise das 10 tendências mostra uma tendência evolutiva resultante da pressão adaptativa exercida pela sociedade em suas mais diversas instâncias. E pressões adaptativas exigem respostas dos componentes dos ecossistemas, visando aproveitar-se dos “nutrientes” disponíveis.

Negociações internacionais, como a COP-21, pressionam os Estados Nacionais a assumirem responsabilidades, adotando medidas para reduzir suas emissões a partir de inventários nacionais de emissões.

Do mesmo modo, investidores institucionais globais e grandes investidores retiram investimentos de empresas cujos “core business” em energias não-renováveis podem comprometer a existência da sociedade como um todo e esta sociedade pressiona por soluções para maior qualidade ambiental e maior resiliência dos sistemas de suporte à vida.

Há um grande movimento se consolidando e o Brasil pode ser parte importante da solução.

 

Sobre Marcio Gama

O cérebro é nossa maior especialização e nos faz humanos e complexos, capazes de pensar, gerir riscos e planejar o futuro. Nos adaptamos a todos os ambientes conhecidos e aprendemos a utilizar os recursos para nossa sobrevivência. Nesta caminhada, aprendemos a nos adaptar. Tentamos resolver os problemas que criamos e esta é a parte da nossa caminhada neste planeta, o único que temos. Sou Biólogo, Mestre em Planejamento e Gestão Ambiental e Especialista em Gerenciamento de Projetos e as análises que faço aqui refletem a minha visão sobre o tema, balizada em artigos científicos e informações de fonte fidedigna e relevantes. Espero que curtam os textos.
Esse post foi publicado em Economia Circular, gestão ambiental pública, gestão ambiental privada. Bookmark o link permanente.

4 respostas para State of Green Business 2016

  1. Pingback: Economia Circular – Sustentabilidade em ação

  2. Pingback: State of Green Business 2018 – Sustentabilidade em ação

  3. Pingback: State of Green Business 2019 – Sustentabilidade em ação

  4. Pingback: Global Risks Report 2019 – Fórum Econômico Mundial – Sustentabilidade em ação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.