Menu Início

CEBDS e a Economia Circular

Uma premissa fundamental da Ecologia Industrial é a de que os processos econômicos (extração, produção, consumo, descarte, reaproveitamento) devem espelhar-se nos ciclos da natureza. Esta analogia parte da premissa de que os ciclos biogeoquímicos e de materiais na natureza permitem um reaproveitamento perfeito dos materiais utilizados, que são reinseridos em novos fluxos de materiais e energia. Outra premissa é de que há espaço para aumentar a eficiência no uso de materiais e energia, com teóricos em ecologia industrial apontando que se pode aumentar em até 10 vezes esta eficiência, com base nos conhecimentos atuais de física, química e biologia.

A Economia Circular aponta para o uso desta analogia com sistemas ecológicos naturais, onde os fluxos materiais são fechados e os fluxos de energia são abertos, para mostrar que é possível aumentar a eficiência do uso de materiais e energia também nos processos econômicos, reintroduzindo em novos processos produtivos os materiais que seriam descartados em cadeias produtivas lineares de extração, produção, consumo e descarte.

Fonte: Quebrando muros – Economia Circular – CEBDS (2019)

O material do Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (link abaixo) mostra que há soluções de grande porte sendo geradas pelas grandes empresas brasileiras e estas soluções impactarão suas cadeias de fornecedores, criando um feedback positivo para sustentabilidade em processos produtivos, lembrando sempre dos conceitos de teoria geral dos sistemas de Von Bertalanffy e considerando que pode haver um efeito rebote de aumento de consumo em virtude do aumento da eficiência e redução do custo de produção.

As Políticas Privadas de sustentabilidade adotadas pelas empresas que constam do material podem potencializar as Políticas Públicas em gestão de resíduos e efluentes e é preciso aproximar ambas e integrar com as políticas nacional, estaduais e municipais de gestão de resíduos e efluentes. Há espaço para avanço, desde que as informações sejam disseminadas para aumento da eficiência.

Abaixo o link para o trabalho completo.

1571073961CEBDS_EconomiaCircular_2

Categorias:Sem categoria

Marcio Gama

O cérebro é nossa maior especialização e nos faz humanos e complexos, capazes de pensar e planejar o futuro.
Nos adaptamos a todos os ambientes conhecidos e aprendemos a utilizar os recursos para nossa sobrevivência. Nesta caminhada, aprendemos a nos adaptar.
Tentamos resolver os problemas que criamos e esta é a parte da nossa caminhada neste planeta, o único que temos.
Sou Biólogo, Mestre em Planejamento e Gestão Ambiental e Especialista em Gerenciamento de Projetos e as análises que faço aqui refletem a minha visão sobre o tema, balizada em artigos científicos e informações de fonte fidedigna e relevantes. Espero que curtam os textos.

1 resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: