Mais da Scientific American

A revista Scientific American lançou quatro edições especiais sobre a situação dos mares. Sugiro a leitura destes fascículos, pois mostra claramente como a gestão ambiental das águas continentais tem consequências terríveis para as águas costeiras.

Os rios correm para o mar e neste caminho carregam sedimentos, detritos, produtos químicos, venenos hormônios e outros tantos compostos que utilizamos para realizar nossos processos econômicos e sustentar a nossa sociedade. A má gestão dos processos produtivos, ao encará-los sob perspectiva linear e olhando o ambiente apenas como sumidouro ou fossa, provoca há décadas e provocará por muito tempo a deterioração da qualidade das águas e da qualidade de vida dos animais (nós incluidos) e plantas.

Ao analisar a baía de Guanabara, caracterizada como local MORTO em virtude da contaminação, a revista mostra que a falta de controle (a tal gestão ambiental pública), a falta de ética (na tal gestão ambiental privada) e a falta de educação (ninguém cobra a melhoria na escala necessária para gerar mudança de comportamento) transforma o nosso país numa lixeira.

Não se trata apenas de esgoto humano jogado in natura. Temos lixo, resíduos, detritos, venenos e derivados de petróleo de todos os tipos jogados na água. Agrotóxicos carreados pela chuva que vão para os rios, lixo jogado pelas populações ribeirinhas (televisões, geladeiras, pneus, óleo, plásticos de todos os tipos,…), detritos e resíduos despejados pelas empresas nos rios (todo tipo de produto químico e biológico imaginável). Será que não se percebe que a contaminação da água volta sob a forma de doenças de veiculação hídrica àqueles que contaminam e aqueles que apenas sofrem os efeitos?

Creio que no próximo ano, o político que me prometer (e cumprir) investir em qualidade do meio ambiente (não apenas na retórica), merece meu voto. É preocupante observar as praias que seus filhos tomam banho contaminadas. É preocupante saber que a água que se toma diariamente pode estar contaminada com resíduos de hormônios, cafeína, desinfetantes, venenos, óleo, etc.

Muito midiático mandar o lixo da Inglaterra de volta. Queria mesmo é que tratassem o lixo daqui mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: