Rio + 20 e grupos de pressão

Ao aproximar-se a Conferência Rio +20, as movimentações políticas começam a surgir, com vários relatórios científicos sendo lançados para referendar e direcionar as discussões que serão realizadas no âmbito da Conferência, visando influenciar o máximo possível os resultados finais e seus documentos.

Apesar de muito do conteúdo ser aspiracional, não há dúvidas que influenciam políticas, planos, programas e projetos em todo o mundo. O autor Le Preste, em sua análise da Rio ’92, identificou diversos grupos de pressão agindo durante o período desta conferência.

Os Estados Nacionais, Organizações Não-Governamentais, Organizações Paraestatais, Organizações Empresariais, Organizações da Sociedade Civil, cada uma destas lança seu material visando botar na mesa sua visão de sustentabilidade (não se espantem, são várias visões diferentes), muitas vezes com o apoio de grupos científicos e estudos, que variam seus resultados de acordo com o financiamento para pesquisa recebido.

Durante esta semana, de 26 a 29 de março, a Conferência “Planet Under Pressure” está acontecendo. Resumirei em 9 posts diferentes os documentos para discussão colocados à disposição do público.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: